Subscribe:

Pages

sexta-feira, 9 de abril de 2010

A MENINA



Talvez pareça tolice dizer tais palavras, mas eu me sentiria ainda mais tolo se não as dissesse.

--------------------------------------------------

A menina dos meus olhos
É a mesma menina que habita meu coração

E que visita constantemente meus pensamentos
Tão presente no imaginário e ainda não a conheço como gostaria.


Desejo conhecê-la em cada ato seu,
Cada adjetivo intrínseco que lhe pertença
Desejo conhecer seus maiores anseios

E seus menores planos.


Quero descobrir suas incertezas

E amenizar suas dores
Desejo conhecer intimamente seu eu,

Lírico ou real, sua essência literária
Com licença poética ou não.


Desejo conhecer a menina que também vive nela

E apresentar o menino que vive em mim
Vê-los brincar inocentemente,

Tão sublime momento seria!

Desejo ainda mais;

Desejo que me conheça

Que me entenda

Anseio que esteja comigo

Sei que estar ao seu lado será um eterno aprendizado!


Desejo, ainda mais,

Que me permita conhecê-la

Que não me deixe à parte

Desejo sermos um só

Não quero apenar ser residência, também quero residir

Quero compartilhar os mais sinceros sentimentos!


Oh, menina dos meus olhos!

Será possível (algum dia)

Estarmos juntos em um mesmo olhar?


(Moisés Wesley)



----------------------------



Não importa quanto tempo passe, tu estarás sempre presente em minha mente como uma pintura que meus pensamentos se encarregaram de pintar!


---------------------------------------------

Este poema é dedicado àquela que também é conhecida como La Niña. Aliás, daí a origem do título deste poema.

P.S: observem bem as imagens para perceber o que elas trazem!













6 comentários:

SolBarreto disse...

Lindo!Não ha mais nada a dizer diante de um sentimento tão puro, tão intenso, tão doce e tão sincero como esse poema!
Não é bajulação...quem me conhece sabe que falo e faço o que sinto...Admiro vocês dois..são almas lindas...e tenho uma alegria enorme em seguir vocês.

David disse...

A poesia respondida com outra poesia...
" A paixão veio assim afluente sem fim, rio que não deságua. Aprendi com a Dor, nada mais é o amor que o encontro das águas..."

Os sentimentos mais puros são expressados com sinceridade, e esperam que sejam correspondidos com verdade, algo tão sublime assim espera verdade, não indecisão...
O incrível, "ser criança" nos trás sentimentos puros, e como é bom quando acatamos tal leveza.

"Desejo conhecer a menina que também vive nela
E apresentar o menino que vive em mim".

Pena que algo tão incrível tenha se perdido e ficado escuro, porque tal Sentimento só se dá uma vez. A resposta mais simples pra tudo isso é: Sempre, sempre, sempre acolha a melhor criança de todas o "amor verdadeiro", torne teu ser algo INCRÍVEL...

Renata Chiletto disse...

As imagens trazem aquela para quem vc fez o poema...

Assim, não é querendo dar uma bronca, mas já dando... =x

Não adianta fazer tanta coisa, esperar tanta coisa, se seus sentimentos nãos erão correspondidos. Sim, talvez uma, mas esse dia pode nunca chegar, e ai como vc fica?
Na minha aula de Administração meu professor disse que ser otimista é bom, mas até que ponto isso contribui para a sua vida? Ele começoua a falar um monte de coisas e eu comecei a pensar, sim eu sou otimista até demais, ams nada do que ele falava me afetava a ponto de eu dizer: 'exagerei', até ele falar: "aqueles que são otimistas demais se frustam qndo algo que eles queriam que acontecesse não dá certo, e a frustação é tão grande qnto o otimismo que ele teve"
Eu já me frustrei mtu por mtas coisas por ser otimista demais. A gente tem que saber a hora de desistir, a hora de continuar e a hora de parar. Devemos nos mater num caminho real e não imaginar tanto assim as coisas, não podemos viver sempre pensando no futuro e nem mesmo sempre pensando no passado. Devemos viver o presente e saber quais as consequências de nossos atos.
Devemos entender que nem tudo é do jeito que nós queremos, e quando não é devemos saber o que fazer a respeito (desistir? tentar? continuar? deixar simplesmente de lado?)

Esse poema é uma forma de vc se espressar, mas vc faz isso a tanto tempo, e vc é sempre tão otimista qnto a isso que eu começo a ficar preocupada no que o seu otimismo vai se transformar. Saiba o que fazer, não quqero ver vc frustrado por conta de algo assim.

Junior Campos disse...

Bom, como mesmo a Renata explicou, eis um exemplo de dedicação total ao otimismo.. Porém, devemos também atentar ao desejo insano do amor verdadeiro, do sentimento puro da paixão... não nos damos conta de como vai ocorrer e quando vai acontecer tal sentimento dentro de nós, podemos estar em meio um relacionamento e esse sentimento surge... O mais importante desse poema é o desabafo, é o fato de colocar pra fora um sentimento intenso e puro.. Uso as palavras da Renata: "Não adianta fazer tanta coisa, esperar tanta coisa, se seus sentimentos nãos erão correspondidos." Por mais que isso seja verdade.. acredito que o importante é amar!

Sandriiinha RaFáH disse...

Muiito bom! :D
Escreve mto bem!
parabéns!

SolBarreto disse...

Como ADORO esse cantinho vim aqui assim humildemente oferecer meu mimo pra vcs...Peguem la no meu cantinho...

Postar um comentário