Subscribe:

Pages

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Naquela Noite

Naquela noite ela só queria ser mimada. Ficar abraçada e conversar baixinho, rir sem escândalos e sentir o coração bater doce e devagar. Sentir seu cheiro preferido, tocar os dedos de quem mais gostava.
Naquela noite ela só queria ser tão especial para ele quanto ele era para ela.

Alanna Correia

4 comentários:

Renata Chiletto disse...

Nhaim, que lindo *_*

Eu tenho essa vontade às vezes, quase sempre xonfesso xD
Ah, mas é tão bom, ficar quieto, em silêncio, com quem a gente gosta.

Moisés Wesley disse...

Ter momentos assim com certeza é ótimo!!!
Gostei do texto, ele é simples e verdadeiro!

Eduardo disse...

Simplesmente maravilhoso...
Amo os textos que a LaNiña escreve...
Fã incondicional dessas obras! =)

Está de parabéns com mais esse belo texto que me fez sentir o que boa parte de muita gente sente por ai... A Vontade de tah pertim de quem ama! *-*

Beijos!

Anônimo disse...

Naquela noite ela só queria ser mimada. Ficar abraçada e conversar baixinho, rir sem escândalos e sentir o coração bater doce e devagar. Sentir seu cheiro preferido, tocar os dedos de quem mais gostava.
Naquela noite ela só queria ser tão especial para ele quanto ele era para ela.

Postar um comentário